sábado, 10 de março de 2007

Batalha dos Aflitos vai aos cinemas

Retirado do site Globo Esporte

De certa forma, esta sexta-feira, dia 9 de março, foi um reencontro com o dia 26 de novembro de 2005 na sala de um importante cinema, em Porto Alegre.

No primeiro dia de exibição de "Inacreditável - A Batalha dos Aflitos", os torcedores do Grêmio foram ver o filme vestidos de azul, preto e branco. E vibraram como se estivessem no estádio nos momentos mais emocionantes, com destaque para o pênalti defendido por Galatto e, claro, o gol de Anderson.

Ver o documentário não era suficiente. Os torcedores precisavam sentir o clima das arquibancadas. E o comportamento na sala de cinema foi bem ao estilo da exigência do jogo. Nos momentos mais tensos, um silêncio apreensivo. No gol de Anderson, explosão de alegria. O público vibrou como se não conhecesse a história de antemão. Alguns torcedores saíram correndo pelos corredores, eufóricos. E ao deixar a sessão, a turma não escondeu a emoção.

- É como se fosse ontem. Não tem explicação. É algo realmente inacreditável - destaca Ricardo de Matos Oliveira Filho, 15 anos, vestido com a camisa do Grêmio.

- A emoção é a mesma do dia do jogo. Voltei a chorar como naquele dia. Aquele jogo me trouxe uma das maiores alegrias da minha vida - vibra Liliana Machada, já trajando a nova camiseta do clube, a bicolor.

- Aquela vitória foi algo que nenhum outro clube fez e nenhum outro fará - orgulha-se Tiago Lima, 20 anos.

Confira o trailer do documentário:



PS do editor fanático: Levem as barras, fogos e sinalizadores para os cinemas! Coparemos Hollywood!!! =D

6 comentários:

Vinícius P. disse...

Cara, quando soube da existência desse documentário pensei logo em você (sei que é um grande apaixonado pelo time em questão) e para minha surpresa vejo essa matéria quando abro seu blog. Pelo trailer, parece ser um filme interessante, mas como sou palmeirense, fica para uma próxima, hehehehehe.

Marcus Vinícius disse...

Mas bah, então o amigo sabe o que é a briga da Série B, sabe que pra voltar o time tem que ser muito macho. Imagine então voltar nas condições que aconteceram nesse dia 26. Para o torcedor de outro time imagino que o documentário vale apenas como uma curiosidade, só pra ver o que aconteceu de fato na partida.

Até mais!

Bakemon disse...

Marcus, imagina assistir a final de Tóquio num cinema com muita cerveja?

Marcus Vinícius disse...

Porra, seria FODA!

Museu do Cinema disse...

É Marcus, só o Grêmio mesmo, mas é bom ressaltar que o filme não agrada apenas os gremistas, mas sim os amantes do futebol.

Viva o Grêmio.

Vinícius P. disse...

Marcus. Sei mesmo. Foi horrível ver meu time jogando daquela forma, a ponto de ir pra segunda divisão (até hoje lembro do jogo que enterrou meu time). Acho que devo ver esse documentário, parece interessante.