sábado, 22 de dezembro de 2007

Feliz Natal!!!


Gostaria de desejar à todos um ótimo natal e um próspero 2008, cheio de felicidades, realizações pessoais e profissionais, paz, saúde, amor, sucesso e tudo que existe de bom!

Gostaria de agradecer a todos que visitam e comentam o blog, mas principalmente à Otávio Almeida, Kamila Azevedo, Guilherme Pilotti, Cassiano Sairaf, Vinícius Pereira, Ronald, Rik Bakemon, André Flores, João Paulo, Luciano Evangelista, Ramon e Rogério Scheidemantel, Wanderley Teixeira e Felipe Nóbrega, que sempre marcam presença, seja aqui no blog discutindo sobre cinema ou nas conversas do dia-a-dia.

Dále Grêmio sempre, um grande abraço à todos e ótimo final de ano!!
PS: Top 10 2007 sai em janeiro, logo após festividades. =]

quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

Esse promete...

sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

Fotos do set de "Arquivo-X 2"

A verdade continua lá fora. Até que enfim uma prova empírica de que Arquivo-X 2 irá sair. Foram divulgadas ontem algumas imagens do set de filmagens do segundo filme da cultuada série. Nelas é possível ver alguns nomes do elenco, como Amanda Peet e o rapper Xzibit. Além de David Duchovny e Gillian Anderson, eterna dupla de agentes especiais do FBI, estão confirmados Callum Keith Rennie (Battlestar Galactica) e Adam Godley (A Fantástica Fábrica de Chocolate).

Chris Carter e Frank Sputnitz escreveram o roteiro e, segundo a nota oficial do estúdio, o filme não será parte da cronologia da série, será uma história independente. Se vai agradar os fãs e a crítica ninguém sabe, mas é reconfortante saber que o melhor seriado de todos os tempos ainda tem o que render. Abaixo confira as fotos:




segunda-feira, 26 de novembro de 2007

Impossível é Nada

"Os normais desistiriam. Os bons perderiam. Mas ali estava o Grêmio..."

26/11/2005 - A Batalha dos Aflitos



"... é um Grêmio imortal, é um Grêmio que cala, é um Grêmio que silencia, é um Grêmio que não se entrega."
Narração de Haroldo de Souza para Rádio Guaíba após gol de Anderson

O impossível não existe para nós.

Grêmio, uma paixão incontrolável e incondicional.

sábado, 17 de novembro de 2007

Trilhas Sonoras para download - O Fabuloso Destino de Amélie Poulain


Links para baixar:

Rapidshare - Clique aqui
Multiply - Clique aqui


Tutorial de como baixar do Rapidshare aqui.


Próxima OST - Era Uma Vez No Oeste, de Sergio Leone.

quarta-feira, 7 de novembro de 2007

Californication


Toda terça-feira, às 22 hrs, na Warner Channel.

Ontem na Warner Channel teve a estréia de Californication, novo seriado do eterno Fox Mulder, também conhecido como David Duchovny. David é Hank, um escritor que há um bom tempo não consegue escrever um bom livro e teve o desgosto de ver sua última obra ter sido mal adaptada, pra não dizer ferrada, no cinema. Além dessa pequena crise no trabalho, e apesar de estar sempre bem servido de mulheres (e bote bem servido nisso), ele ainda sonha em voltar para sua ex-mulher.

Tudo começa com Hank chegando numa igreja, ao som de You Can’t Always Get What You Want dos Rolling Stones, a fim de pedir ajuda divina para repor sua vida nos trilhos, porém aparece uma freira lhe oferecendo outro tipo de ajuda... Sim, a primeira impressão que passa é que caliFORNICATION trata basicamente de sexo, mas o foco é no drama que o escritor vive pra voltar a sua família, mesmo com todos os prazeres mundanos que a cidade de Los Angeles oferece.

Outra coisa interessante: é praticamente impossível não lembrar de Charles Bukowski, pelo menos os leitores do velho safado irão reconhecer algumas citações. O cara é um escritor, meio anti-social, sempre meio bêbado e ainda assim pega várias mulheres, sem contar que em vários contos do Bukowski o personagem principal é Hank. É ótimo ver o bom e velho Duchovny nas telas novamente, e a expectativa sobre Californication são as melhores. Iremos conferir a série por inteiro, com certeza.

quarta-feira, 17 de outubro de 2007

Aviso:

Gostaria de pedir desculpas a todos por não poder atualizar o blog como deveria e também por não comentar nos blogs de amigos e conhecidos. A faculdade deu uma apertada nesse final de ano e por consequência disso e de um novo estágio ficarei um tempo sem postar, mas prometo que sempre que possível darei pelo menos uma passadinha nos blogs.

Obrigado pela compreensão e até mais!

sábado, 13 de outubro de 2007

Cenas Violentas - Parte Final


Por Luciano Evangelista

Acho que, na maioria das vezes, a violência é mal interpretada. Faz falta uma certa violência. Existe em nós uma energia que precisa ser liberada.
Charles Bukowski


OldBoy, de Chan-wook Park:


Sin City, de Robert Rodriguez e Frank Miller:


Réquiem Para Um Sonho, de Darren Aronofsky:


segunda-feira, 8 de outubro de 2007

O Hospedeiro

Gwoemul, Bong Joon-Ho, 2006, 119 min.



Uma substância química altamente tóxica é largada em um rio na Coréia por um laboratório americano, dando origem a um monstro. Além de causar um pânico generalizado na cidade e fazer várias vítimas, o monstro pega a menina de uma família que mora próxima ao rio. A menina é dada como morta, mas uma noite após o incidente ela consegue ligar para a família de um lugar desconhecido, fazendo com que seus parentes saiam em busca dela. Essa é a premissa inicial de O Hospedeiro, um dos sucessos asiáticos do ano passado, mas que aterrissou por aqui somente em 2007.


Por mais simples ou clichê que pareça, não se deixe enganar pela simples linha de ‘filme de monstro’ da trama. Dando um novo fôlego ao gênero, onde se encontram Godzilla e similares, O Hospedeiro tem um nível bem alto de tensão, mesmo com os vários momentos de suspense e até de humor. Os sucessivos acontecimentos mantêm o espectador colado no sofá, que ele fique torcendo para que os protagonistas saiam vivos de cada situação. Os bons efeitos especiais, a atuação do elenco sem grandes deslizes que comprometam o resultado final e a direção tranqüila de Joon-Ho fazem com que o filme seja um agradabilíssimo entretenimento.

Tal como o cinema japonês e asiático em geral, o cinema coreano já nos presenteou com verdadeiras obras cinematográficas, como Old Boy e A Bittersweet Life, e agora novamente nos traz mais um belo filme, com uma boa carga de terror, suspense e humor. O Hospedeiro é uma ótima diversão, prova disso é que você irá lembrar dele quando passar próximo de um rio.

terça-feira, 2 de outubro de 2007

Aguardando ansiosamente...

Cloverfield, de Matt Reeves
Trailer: clique aqui
Depois do sucesso mundial do seriado Lost, J.J. Abrams produz um apocalíptico filme de monstro. Promete bastante.


I'm Not There, de Todd Hayner
Trailer: clique aqui
Filme que conta algumas passagens da história de Bob Dylan, interpretado por gente como Cate Blanchett, Richard Gere e Christian Bale. Sem mais comentários.


Sukiyaki Western Django, de Takashi Miike
Trailer: clique aqui
Kurosawa, Leone e Takashi Miike, tudo misturado num spaghetti samurai western? Mas bah, eu sou capaz de matar pra ver esse filme!

segunda-feira, 1 de outubro de 2007

Preview - Silent Hill 5

The fear of blood tends to create fear for the flesh

Escuridão, neblina, histórias entrelaçadas, monstros, sangue... A seqüência do terror psicológico mais apavorante que existe está confirmada para o Playstation 3 há algum tempo, mas agora surgem novas informações e vídeos. Ainda sem data de lançamento prevista, Silent Hill 5 dá um enorme passo na franquia em vários aspectos, além de botar mais um fraldão nos jogadores.

O protagonista da história é Alex Shepard, militar de 22 anos, que está se curando de um ferimento de guerra. Acontece que ele tem um péssimo presentimento em relação ao seu irmão mais novo, o Joshua, e decide voltar a sua cidade para averiguar. Segundo os produtores, a cidade maldita não é a do quinto game da série, mas em vários momentos o jogador irá pra Silent Hill, ligando vários pontos na trama.

Já nos quesitos técnicos, o jogo da Konami mostra sua potência principalmente nos efeitos de luz e sombra, que será o principal foco. Outra inovação é que nas batalhas será utilizado uma engine de física, além de eventos em tempo real (se você cortar um inimigo, abre uma ferida no local e ele vai sangrar muito na hora). Tal como Metal Gear Solid 4 e Resident Evil 5, Silent Hill 5 é uma marca consagrada e um dos jogos mais esperados da nova geração. Clique aqui para ler sobre o filme baseado no jogo e abaixo dois vídeos teaser do futuro lançamento.

video

video



Em busca de um lugar ao sol, um sol chamado América.
Chegaremos novamente...

quarta-feira, 26 de setembro de 2007

Em busca do Oscar

O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias, de Cao Hamburguer, foi o escolhido para representar o Brasil no Oscar 2008 e vai lutar por uma das 5 vagas na categoria de Melhor Filme Estrangeiro. Torceremos!

segunda-feira, 24 de setembro de 2007

Cenas Violentas - Parte III

Por Marcus Vinícius

"O mundo divide-se em pessoas boas e pessoas más. As pessoas boas têm um sono tranquilo. As pessoas más divertem-se muito mais."

Woody Allen


Ichi O Assassino, de Takashi Miike:


Laranja Mecânica, de Stanley Kubrick:


O Silêncio dos Inocentes, de Jonathan Demme:

quinta-feira, 20 de setembro de 2007

Christian Bale estaria interessado em ser Solid Snake

Retirado do site Omelete

Em maio de 2006 o designer Hideo Kojima, de Metal Gear Solid, confirmou que um filme baseado na saga de Solid Snake está a caminho.

Agora, parece que a fase dos rumores começou. Comenta-se por aí que o ator Christian Bale, que interpreta Batman no filme The Dark Knight (com lançamento marcado para julho de 2008), estaria interessado em protagonizar o espião nas telonas. O boato foi iniciado pela revista inglesa Nuts.

O filme, embora confirmado por Kojima, não tem qualquer detalhe oficialmente anunciado ainda. Na E3 2006 o designer afirmou ter recebido muitas ofertas de produtoras que queriam adaptar Metal Gear Solid, mas que depois de muito tempo conseguiu finalizar um bom contrato e que o projeto já estava a caminho.

E já que o assunto é Metal Gear, mais um trailer do aguardadíssimo MGS4 - Guns of the Patriots foi liberado na Tokio Game Show 2007, que iniciou hoje. Além disso, é a primeira vez que a Konami disponibilizou o jogo para o público. Abaixo, confira o vídeo:


segunda-feira, 17 de setembro de 2007

Emmy Awards

Katherine Heigl, de Grey's Anatomy

Esse blog torceu por House MD, mas infelizmente não deu. 30 Rock e Os Sopranos foram os grandes vencedores da noite da 59ª edição do Emmy Awards, que ocorreu nesse domingo, dia 16, vencendo respectivamente nas categorias de melhor série cômica e melhor série dramática.

Outros grandes nomes da noite foram Katherine Heigl, levando o único prêmio de Grey's Anatomy por melhor atriz coadjuvante em drama, Terry O'Quinn em melhor ator coajduvante por Lost, Robert Duvall em melhor ator em minissérie por Broken Tail. O azarão da noite ficou por conta de James Spader, vencendo na categoria de melhor ator em série dramática pelo seriado Boston Legal, batendo nomes como Hugh Laurie de House MD e James Galdolfini de Os Sopranos.

Acesse os blogs da Kamila e do Vinicíus para informações mais detalhadas da premiação.

sábado, 15 de setembro de 2007

15 de Setembro


Muito mais que um time.
Parabéns ao Imortal Tricolor pelos 104 anos de existência!

sexta-feira, 14 de setembro de 2007

P.U.L.S.E


Now I've got that feeling once again

I can't explain, you would not understand

This is not how I am

I have become comfortably numb

Preciso de mais palavras?

quarta-feira, 12 de setembro de 2007

Fogo Contra Fogo

Heat, Michael Mann, 1995, 170 min.



- Sabe, estamos aqui sentados, como dois sujeitos normais. Você faz o que faz, faço o que tenho de fazer. Agora que estivemos cara a cara, se eu precisar prende-lo, não vou gostar. Mas lhe digo uma coisa, se for escolher entre você e um coitado cuja esposa se tornará uma viúva, irmão, você vai pro saco.

- Há o outro lado nesse jogo. E se você me prender e eu tiver de matar você? Porque não importa o que seja, você não atrapalhará meu caminho. Estivemos cara a cara, sim. Mas não vou hesitar, nem por um segundo.”


A cidade de Los Angeles serve de palco para a guerra entre Vincent Hanna, tenente do departamento de Polícia, e Neil McCauley, um experiente e gabaritado ladrão. Até aí tudo bem simples, é a trama de mais um filme de bandido e mocinho. Seria. Seria mais um, se Al Pacino e Robert De Niro não encabeçassem um grande elenco e não tivesse a mão de Michael Mann na direção de Fogo Contra Fogo, espetacular filme de ação/policial da década de 90.

“Não assuma compromisso com nada que não possa
largar em 30 segundos se a coisa sujar na esquina.”


Começando pelo elenco, recheado de grandes nomes como Val Kilmer, Ashley Judd, Tom Sizemore, Diane Venora, Dennis Haysbert (pode ser visto em The Unit), William Fichtner (do seriado Prision Break), Natalie Portman logo após emplacar O Profissional, e Jon Voight. Todos esses nomes liderados por Pacino e De Niro. Claro que o foco é na guerra e nos dramas pessoais dos protagonistas, mas cada personagem tem sua história bem desenvolvida e esclarecida, como a problemática enteada de Pacino, o vício e a crise conjugal do personagem do Val Kilmer, a dificuldade de um ex-presidiário voltar à sociedade como no personagem do Haysbert.

“Preciso preservar toda minha angústia! Eu a preservo porque preciso dela.
Ela me deixa afiado, no ponto, onde eu preciso estar.”


A direção de Michael Mann é muito segura, proporcionando belíssimas cenas, no geral com planos bem abertos e distantes. Além disso, considero a cena do tiroteio a melhor que existe em filmes policiais, pelos seguintes motivos: ela é praticamente em tempo real (se calcularmos o tempo, vai dar muito próximo do real), sem slowdowns ou cenas em câmera lenta (somente uma no final da seqüência, mas irrelevante) e sem trilha sonora no fundo, é só o barulho dos tiros e da correria. Simplesmente genial. Frases e diálogos de impacto são abundantes também, como de exemplo o diálogo entre Al Pacino e Robert De Niro que inicia o post.

Um clássico dos anos 90 e uma das maiores obras de ação/policial já criadas. Um elenco monstruoso liderado por dois dos maiores atores de todos os tempos, se não os dois melhores, com um diretor extremamente competente. Tudo funciona de forma harmoniosa, equilibrada, mantendo a tensão e ação. Fogo Contra Fogo é 5 estrelas, sem a menor sombra de dúvida.

domingo, 9 de setembro de 2007

'Everybody lies...'


No próximo dia 25, no canal FOX dos EUA, estréia a nova temporada de House MD. Um dos melhores seriados dos ultimos anos, vencedor de várias premiações, entra na sua quarta temporada.

Hugh Laurie volta a ser o egocêntrico e genial doutor Gregory House, médico mundialmente reconhecido e que trabalha de chefe do departamento de diagnósticos no hospital de ensino Princeton-Plainsboro. A expectativa é pra conferir (SPOILER) como ele seguirá sozinho, já que demitiu todos os seus contratados no término da 3ª temporada, ou se irá readimiti-los (Final SPOILER).

Aguardamos ansiosamente a chegada da nova temporada no Brasil, ainda sem previsão de estréia. Abaixo um dos vídeos promocionais que estão sendo vinculados na tevê americana.

terça-feira, 4 de setembro de 2007

Cenas Violentas - Parte II

Por Luciano Evangelista


Precisamos distinguir entre duas espécies de violência. Se alguém usa violência contra aqueles que buscam a liberdade, isto não está certo. Mas, se aqueles que buscam a liberdade, usam a violência para consegui-la, tudo bem.
Michelangelo Antonioni


Irreversível, de Gaspar Noé:



O Albergue, de Eli Roth:



Cães de Aluguel, de Quentin Tarantino:

sábado, 1 de setembro de 2007

Cenas Violentas - Parte I

Por Marcus Vinícius

Violência é uma das coisas mais divertidas de assistir.

Quentin Tarantino


Cassino, de Martin Scorsese:



Nascido para Matar, de Stanley Kubrick:



Era uma vez no Oeste
, de Sergio Leone:

terça-feira, 28 de agosto de 2007

Francis Ford Coppola procura terreno em Florianópolis

Retirado do site ClicRBS

O cineasta americano Francis Ford Coppola, de 68 anos, deve ir embora na tarde desta terça-feira de Florianópolis, onde passou três dias hospedado no hotel Majestic, no Centro. De acordo com a reportagem do Diário Catarinense, que conseguiu uma entrevista com o cineasta, ele está interessado em comprar um terreno na capital catarinense para construir um resort.

Coppola esteve em praias do norte da Ilha de Santa Catarina. Em Canasvieiras, ele forneceu a entrevista ao DC. Antes de chegar a Florianópolis, o cineasta esteve em Buenos Aires, na Argentina, onde estaria interessado em abrir uma produtora, que teria o nome de "Zoetrope Argentina".

Francis Ford Coppola é um dos cineastas mais respeitados de sua geração. Dirigiu clássicos como a trilogia O Poderoso Chefão e Apocalipse Now, além de filmes como Drácula de Bram Stoker, A Conversação e O Selvagem da Motocicleta. Ele também foi produtor de Encontros e Desencontros, dirigido por sua filha, Sofia Coppola.

segunda-feira, 27 de agosto de 2007

Morgan Freeman e David Fincher ainda insistem na adaptação

Retirado do site Cinema em Cena

Um dos projetos mais demorados em desenvolvimento em Hollywood, a adaptação do clássico da ficção-científica Encontro com Rama, de Arthur C. Clarke (2001: Uma Odisséia no Espaço) está longe de ser deixada de lado. É o que garante Morgan Freeman (Xeque-Mate), que está a bordo do projeto há anos, junto com o diretor David Fincher (Zodíaco). “É um filme muito intelectual, um livro muito difícil de ser traduzido de maneira cinemática”, disse o ator esta semana ao site da MTV. “Mas vale a pena ser feito. Nós ainda estamos nele.”

A história da gigansteca nave que vaga pelo Sistema Solar e é investigada por um grupo de astronautas (cujo líder será interpretado por Freeman) é carregada de filosofia e não possui muita ação – por isso a dificuldade em filmá-la. “Não há armas, nem explosões. Apesar de ser ficção, ela é toda baseada em ciência pura”, explicou Freeman.

Vários roteiristas já estiveram na equipe, entre eles Bruce C. McKenna (da minissérie Band of Brothers), Stel Pavlou (Fórmula 51) e os novatos Scott Brick e Andrew Kahng. Freeman também está produzindo o longa através de sua companhia Revelations Entertainment, cujo site estampa a capa do livro de Clarke como seu projeto principal.

Como não há um roteiro pronto, a previsão para o início das filmagens continua indefinida. Mas se a adaptação não demorar muito tempo a encontrar seu caminho rumo à tela, poderá até se tornar o próximo trabalho de Fincher, que atualmente cuida da pós-produção de The Curious Case of Benjamin Button e não tem outro filme em vista.

sábado, 25 de agosto de 2007

Trilhas Sonoras para download - No Direction Home


Links para baixar:
Rapidshare
CD1 - Clique aqui
CD2 - Clique aqui


Tutorial explicando como baixar do Rapidshare aqui.


Próxima OST - O Fabuloso Destino de Amélie Poulain, de Jean-Pierre Jeunet.

sexta-feira, 24 de agosto de 2007

Sociedade Brasileira de Blogueiros Cinéfilos

Os organizadores Otavio Almeida (Hollywoodiano), Kamila Azevedo (Cinéfila Por Natureza) e Vinícius Pereira (Blog do Vinicius) convidam todos os fãs da sétima arte e seus respectivos blogs de cinema (e TV) a entrar para a Sociedade Brasileira de Blogueiros Cinéfilos (SBBC).

A iniciativa surge com a proposta de unificar e organizar os blogs de cinema e TV. A SBBC não deixa de ser mais um passo rumo ao respeito e reconhecimento dos blogs como veículos de comunicação feitos por competentes formadores de opinião. A grande diferença dos membros da SBBC é o amor pelo cinema.

No ano passado, participamos do Movie Bloggers Awards, que reuniu outros 16 blogueiros cinéfilos. Todos votaram em categorias semelhantes ao Oscar para eleger os melhores filmes, diretores, roteiros, etc. Veja o resultado aqui.

Além da união dos blogueiros cinéfilos em busca de divulgação e, principalmente, respeito, os organizadores decidiram dar continuidade ao Movie Bloggers Awards. Agora, a premiação dos melhores do ano apresenta um novo nome. A SBBC tem o orgulho de anunciar o Blog de Ouro. Trata-se do prêmio dos blogueiros cinéfilos para os melhores do ano no cinema (de todos os países) e na TV (neste caso, levamos as séries norte-americanas em consideração).

São 19 categorias para cinema e mais 14 para TV. Veja as 33 categorias abaixo:

CINEMA

• MELHOR FILME • DIRETOR • ROTEIRO ORIGINAL • ROTEIRO ADAPTADO • ATOR • ATRIZ • ATOR COADJUVANTE • ATRIZ COADJUVANTE • ELENCO • ANIMAÇÃO • TRILHA SONORA • CANÇÃO • FOTOGRAFIA • DIREÇÃO DE ARTE • FIGURINO • MONTAGEM • MAQUIAGEM • EFEITOS VISUAIS • SOM

TV

• MELHOR SÉRIE (DRAMA) • MELHOR SÉRIE (COMÉDIA) • ATOR (DRAMA) • ATOR (COMÉDIA) • ATRIZ (DRAMA) • ATRIZ (COMÉDIA) • ATOR COADJUVANTE (DRAMA) • ATOR COADJUVANTE (COMÉDIA) • ATRIZ COADJUVANTE (DRAMA) • ATRIZ COADJUVANTE (COMÉDIA) • ELENCO (DRAMA) • ELENCO (COMÉDIA) • MELHOR EPISÓDIO (DRAMA) • MELHOR EPISÓDIO (COMÉDIA)

A 1ª Edição Anual do Blog de Ouro considera todos os filmes e séries exibidos no Brasil no período de 1º de janeiro de 2007 a 31 de dezembro de 2007. Por enquanto, a SBBC tem 14 membros (que já receberam este comunicado). Quem quiser entrar para a SBBC (o que dá o direito de votar no Blog de Ouro), deve encaminhar um e-mail para ottavioalmeida@hotmail.com até 1º de dezembro de 2007. A mensagem precisa conter:

• O nome completo do blogueiro
• O nome do blog de cinema (ou TV)
• O endereço do blog de cinema (ou TV)

Em breve, enviaremos e-mails com agenda e regulamento completo do Blog de Ouro. Até lá, esperamos por mais inscrições. Clique aqui para conhecer o blog oficial da SBBC.

Vídeo de MGS4 revela os novos chefes

Cada notícia de Metal Gear Solid 4 - Guns of the Patriots causa um intenso frenesi no mundo dos games. Essa semana na Games Convention, em Leipzig, foi mostrado um novo vídeo revelando os chefes que Solid Snake irá enfrentar. Laughing Octopus, Raging Raven, Crying Wolf, e Screaming Mantis formam a unidade Beauty and the Beast (A Bela e a Fera), grupo a ser batido na derradeira batalha da série.

Além da clara referência aos chefes do jogo para Playstation One, o diretor Hideo Kojima explicou que a Beauty and the Beast na realidade são 4 mulheres transformadas em máquinas de guerra, cujos motivos e passados serão desvendados ao decorrer do jogo. A atriz Yumi Kikuchi, que interpreta uma das Belas, irá participar das apresentações na convenção falando sobre o seu envolvimento no trabalho e alguns aspectos do desenvolvimento dos personagens. A Games Convention termina nesse domingo.

MGS 4 - Guns of Patriots tem previsão de lançamento para julho de 2008. Até lá, Kojima vai levando nossa ansiedade ao extremo...



Mais informações no site oficial da Kojima Productions.

terça-feira, 21 de agosto de 2007

Ichi, o Assassino


Baseado no mangá de Hideo Yamamoto, tudo começa com o sumiço de Anjo, um dos chefões da Yakuza. Junto com ele somem três milhões de yenes e surge a suspeita de ele ter roubado o dinheiro para fugir com uma prostituta. O mais fiel de seus capangas, o cruel e masoquista Kakihara, recusa-se a aceitar isso e acredita que ele tenha sido seqüestrado ou assassinado por rivais...


quinta-feira, 16 de agosto de 2007

Frases Memoráveis - Final


Por Marcus Vinícius




Sabe, por um segundo... sim, eu achei que seria fácil.
Uma Thurman em Kill Bill Vol.I, de Quentin Tarantino





Dadinho é o caralho! Agora meu nome é Zé Pequeno, porra!
Leandro Firmino em Cidade de Deus, de Fernando Meirelles





Senhores, vocês não podem brigar aqui! Essa é a Sala de Guerra!
Peter Sellers em Dr. Fantástico, de Stanley Kubrick





Se eu pensasse em você, provavelmente lhe desprezaria.
Humphrey Bogart em Casablanca, de Michael Curtiz





Dave, essa conversa não tem mais sentido. Adeus.
Hal em 2001: Uma Odisséia no Espaço, de Stanley Kubrick




Você não pode querer exercer o poder supremo só porque uma vadia que saiu da água lhe deu uma espada.
Michael Palin em Monty Python e o Cálice Sagrado, de Terry Gilliam e Terry Jones




Você acredita em Jesus Cristo? É, então vai conhecê-lo de perto.
Charles Bronson em Desejo de Matar 2, de Michael Winner




Quem precisa de razões quando se tem heroína?
Ewan McGregor em Trainspotting, de Danny Boyle





Eles não advertem os assassinos pelos jornais. Essa era a minha profissão. Ex-policial. Ex-Blade Runner. Ex-assassino.
Harrison Ford em Blade Runner, de Ridley Scott



Lute e talvez morra. Fuja e irá viver pelo menos um pouco. E anos depois, moribundos em suas camas, vocês estarão dispostos a trocar todos os dias por aquela única chance, apenas uma chance, de voltar e dizer para nossos inimigos que talvez eles tirem nossas vidas, mas jamais irão tirar nossa liberdade!
Mel Gibson em Coração Valente, do mesmo


segunda-feira, 13 de agosto de 2007

Sunshine - Alerta Solar

Título Original: Sunshine
Direção: Danny Boyle
Duração: 108 minutos
Ano de lançamento (EUA): 2007





O sol está morrendo. A única forma de salvá-lo é jogar uma bomba dentro dele, que teoricamente faria reacender a estrela. Para isso é enviada a nave Icarus 2, já que a primeira não conseguiu êxito e sumiu misteriosamente. A tripulação viaja milhões de quilômetros com o propósito de salvar a humanidade, mas completar a missão não será nada fácil. Danny Boyle dirige Sunshine – Alerta Solar, ficção científica escrita por Alex Garland, que também foi roteirista de Extermínio, estrelada por nomes como Cillian Murphy, Chris Evans e Michelle Yeoh.

Os efeitos especiais estão muito bons, assim como a belíssima fotografia. O filme possui seqüências espetaculares, como as da sala de observação, onde praticamente pode se sentir a solidão que os personagens passam no espaço, e da caminhada extra-veicular, onde dois tripulantes precisam reparar alguns painéis externos da nave. A irreverência e o estilo de Boyle estão presentes também: o ritmo frenético, os diferentes ângulos e, em certos momentos, imagens desfocadas e distorcidas que chegam a causar angústia.


Mas o grande feito do diretor foi saber distribuir o papel de cada personagem. Todos têm importância, destaque e momentos pessoais na trama, é muito bem desenvolvida a dinâmica e o choque entre as relações, entre as emoções e as razões de cada um. Aqui o destaque fica com Chris Evans, atuação que claramente destoa dos demais, além de seu personagem ter momentos diferentes na história.

Porém, infelizmente, a coisa desanda um pouco na parte final do filme. Além de Boyle exagerar no seu ‘estilo’, a trama sofre uma reviravolta muito grande, tirando um pouco do realismo que vinha tendo até então. Mesmo sendo uma obra de ficção pura, as ações e os rumos tomados pelos personagens soam muito reais, mérito do consultor científico da equipe. Mas no término caí no velho e clichê confronto entre religião e ciência.

Fazia um bom tempo que não era lançada uma obra de ficção científica boa (a próxima promessa é Avatar, de James Cameron). Com referências dos grandes clássicos do gênero como Solaris e 2001: Uma Odisséia no Espaço, e similaridades com filmes mais recentes, como Alien e O Enigma do Horizonte, Sunshine dá conta do recado apesar de alguns erros e do escorregão no final. Um bom entretenimento, visualmente espetacular e com uma boa quantidade de suspense e realismo.